Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

24 Rés-do-Chão

24 Rés-do-Chão

Primeiras impressões

Começo a achar que, afinal, as primeiras impressões não contam para quase nada, e a perceber que temos que dar espaço às outras pessoas para nos mostrarem um outro lado delas, que à primeira é difícil de conhecer e compreender - e transmitir.

Acabei por perceber que faço algo que gostaria que os outros não fizessem comigo, que é, não me julgarem aos 15 minutos de conversa. Peço que me dêem tempo para demonstrar o porquê de certas atitudes, opiniões e manias (não que tenha que justificar algo, mas às vezes somos mal compreendidos). Porque o nosso passado - como a infância, educação e experiências -, acaba por influenciar o nosso presente e futuro, não que justifique certas atitudes, mas isso são outras conversas.

Há pessoas que dado o devido espaço e "empurrão" nos conseguem surpreender pela positiva e até ensinar-nos algumas coisas, é preciso é ter uma mente aberta e dar o benefício da dúvida.

E é bom quando isso acontece e é por isso que julgar é mau, que fechar as portas a alguém que mal conhecemos não é correcto e justo. Por isso é que as primeiras impressões não devem influenciar a 100% as nossas opiniões. As pessoas que achamos que serão as últimas a desiludir-nos, geralmente, são as primeiras e vice-versa. O mundo é traiçoeiro e troca-nos as voltas vezes sem conta, mas por vezes pergunto-me se, na maioria dessas vezes, não seremos nós o nosso verdadeiro inimigo.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.