Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

24 Rés-do-Chão

24 Rés-do-Chão

Confesso-me!

Fui às praxes este ano. Não me atirem pedras já, se faz favor.

 

Depois de ter escrito este post e de ter ido para as aulas terça-feira (porque não tenho aulas às segundas) à civil e de ter falado com alguns caloiros, pus-me a pensar. Se não gosto a 100% do espírito académico que se vive naquela faculdade posso sempre praticar o meu e tentar incuti-lo aos outros caloiros ou tentar remar contra a maré e afundar-me, claro está! Mas pronto, decidi que não tinha que deixar de ir só porque acho que maioria dos veterenos e comissão estão-se a borrifar para o espiríto e querem é borga.

Fui e não podia ter decidido melhor. Além de me ter divertido, acabei por aplicar algumas actividades que nunca foram feitas antes nesta faculdade e proporcionar alguns momentos de diversão a alguns caloiros.

No final desta semana, penso que afinal não vou remar contra a maré, três caloiras deram-me a honra de as baptizar e ser sua madrinha e talvez, talvez, lhes consiga passar alguma mensagem do que é a praxe para mim e fazer delas veteranas com orgulho no traje que vestem e futuras maravilhosas madrinhas.

 

Isto é dos ares do Norte, sei que vim uma pessoa diferente e ela está a revelar-se!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.